Você está visualizando atualmente Porto Rico é Uma Terra Sem Consenso?

Porto Rico é Uma Terra Sem Consenso?

  • Autor do post:
  • Categoria do post:Finança

Porto Rico, oficialmente Estado Livre Associado de Porto Rico, é um dos quatorze territórios não incorporados e um dos 2 estados livres associados com o estatuto de independência dos Estados unidos da América. Localiza-Se pela América, no nordeste do Caribe, a leste da ilha Espanhola e a oeste das Ilhas Virgens dos Estados unidos. Sua costa oeste situa-se a por volta de 1536 quilómetros (960 milhas) a sudeste da costa da Flórida, a mais próxima da área continental dos EUA.

Durante mais de três séculos, Porto Rico esteve conectado à península ibérica a começar por navios das Frotas das Índias que uniam Cádiz e San Juan uma vez por ano. Os porto-riquenhos são cidadãos americanos, desde 1917, no momento em que o Congresso dos Estados unidos aprovou a Lei Jones. Constituição para o tratamento de tópicos internos, está sujeito aos poderes plenos do Congresso norte-americano, pela Cláusula Territorial. Isto significa que o poder de exercer a sua soberania recai a respeito do Congresso dos Estados unidos e os poderes existentes pela ilha, por não gozar de proteção pela Constituição norte-americano, são revogáveis.

Os porto-riquenhos não conseguem votar nas eleições presidenciais dos EUA, a menos que tenham casa oficial em um dos cinqüenta estados ou no Distrito de Columbia. Se é então, podem se deslocar para o seu local de moradia e votar presencialmente ou utilizar o procedimento de voto à distância (absentee ballot). Por outro lado, apesar da condição jurídica de porto rico, algumas personalidades a grau internacional têm se referido a Porto Rico como nação. O nome atual de “Porto Rico” diz-se às riquezas que partiam do porto de São João Batista para Portugal.

Cristóvão Colombo batizou a ilha com o nome de São João Batista. Os nativos da tribo da américa do sul chamavam a ilha Borikén, que significa “Terra de Nosso Altíssimo e Bravo Senhor”, o qual evoluiu o nome de Borinquen ou Borinquén, nome que ainda é usado em referência a Porto Rico. Daí surge o gentílico “boricua”. Os espanhóis denominaram a capital de Porto Rico.

com O atravessar dos anos, trocaram os nomes, de modo que “Porto Rico” passou a ser São João, e São João Batista passou a ser Porto Rico. Atualmente, a capital San Juan. A história de Porto Rico começou com o assentamento do público indígena ortoiroide no arquipélago de Porto Rico, entre os anos 3000 e dois mil a.

C. Outras tribos, como a dos índios arahuacos e saladoides, povoaram a ilha entre os anos 430 a. C e 1 mil d. C. No instante da chegada de Cristóvão Colombo ao Novo Mundo em 1492, a cultura indígena dominante era a dos tainos. Cristóvão Colombo chegou à ilha de Porto Rico, no dia dezenove de novembro de 1493, em sua segunda viagem de análise. Alguns historiadores são da opinião de que neste instante Martín Alonso Pinzón havia chegado à ilha em 1492 no decorrer do tempo em que esteve separado de Colombo.

Os taínos, habitantes nativos da Ilha, chamavam a esta “Boriquén”, origem do nome “Borinquen”, termo que guarda certa semelhança sonora com o nome original, e que disponibilizou o ainda existente “boricua”. Segundo os historiadores, o nome “Boriquén” deriva do vocábulo “buruquena”, nome de um pequeno crustáceo endêmico do Caribe Porto-riquenho. Segundo alguns historiadores, os tainos constituíam uma cultura pacífica e hospitaleira, que contrasta com fatos históricos por Scarrano, Waguenheim, e outros historiadores que descrevem uma cultura hospitaleira contudo cautelosa.

Estes lhes deram os espanhóis presentes de ouro, metal que pra eles tinha um valor simplesmente decorativo, como um colar de conchas, enquanto que pros habitantes da Europa, Ásia e África foi e continua sendo muito precioso. Existe a hipótese de que o jeito devia-se à crença de que os espanhóis eram deuses na cor de sua pele; entretanto a avaliação moderna descarta como um mito.

  1. Criar uma base segura
  2. O mito de TV3
  3. Cristina Hernandez Ibáñez (1995-1996)
  4. CEFTA.- Centro de Estudos Filosóficos Tomás de Aquino
  5. Ana Tarrés e Hitler
  6. Ordena tuas finanças pessoais

Outro contratempo que realmente compensa examinar é a morte de Diego Salcedo, um colonizador que manteve escravizado a um grupo de taino. Estes se rebelaram contra ele por teu tratamento cruel e afogaram-se no rio. Muitas pessoas acreditam que o feito foi exercido pra apurar a tua situação de deus, contudo os acadêmicos diferem.

Um caso utilizado para rebater esta presunção é que, em 1492, foi criado pela atual República Dominicana, o Forte de Natal com os restos da embarcação Santa Maria. Quando voltaram os espanhóis em 1493 encontraram que a festa havia sido arrebentado pelo fogo e que os tainos, que haviam matado a cada um dos colonos residentes.