Você está visualizando atualmente O Investimento Em Escritórios Em Portugal Caiu 17% Ao Longo Do Primeiro Trimestre Do Ano

O Investimento Em Escritórios Em Portugal Caiu 17% Ao Longo Do Primeiro Trimestre Do Ano

  • Autor do post:
  • Categoria do post:Finança

MADRID.- O investimento em escritórios em Portugal -excluindo a pontual venda da sede do Banco Santander em Madrid – atingiu um volume de 680 milhões de euros no primeiro trimestre do ano. Este dado representa uma queda de 17% em ligação ao trimestre anterior, segundo um relatório da CB Richard Ellis. Neste fato, a reativação do mercado passa pelo aumento de rendimentos, o que, de acordo com a CB Richard Ellis, “poderia começar a vislumbrar-se em um ciclo inferior a 3 meses”. Por outro lado, esta moderação nos investimentos está sendo acompanhado de uma diversificação da tipologia do investidor, com a entrada de novos atores no mercado.

Este frescor do mercado nacional está em linha com a evolução da maioria dos mercados europeus, onde o volume de investimento registou um recuo de 38% entre janeiro e março nesse ano. Novamente, desde a Jones Lang LaSalle se sustenta que “a maioria dos que ainda estão no mercado são relutantes em investir com rentabilidades inferiores a 5% e preferem continuar na promessa”.

  • Oitenta e três Z: Nunca. Nunca
  • TELHA, Ramón: “A seita dos cainitas”, no País, sete de abril de 2006
  • pra Completar a série devocional Encuentro1 ou outro plano do ano bíblico
  • 27 h Vídeo da intervenção inicial de Roger Torrent diante o plenário do Parlamento
  • 1 Militantes do PSUC

Porque lhe arrebata a iniciativa e o coloca cara a cara, frente a suas contradições. 37. É verdade que Cs corre o traço de que o PSOE renuncie à oferta e deixe Rivera pendurado de pincel. Bem: o pecado levaria Sánchez penitência. Se for o caso, vejamos o que tal se desenvolve o PSOE próximo a um sentenciado por terrorismo, um foragido da Justiça e sentenciado pelo golpismo.

E, além de tudo, vejamos como o justifica frente aos espanhóis do centro, o grosso de seu eleitorado. 38. Mas esse perigo não é tal. Porque o PSOE detém o mesmo pavor que o Cs vai deixar pendurado de pincel no último minuto.

Cs deveria saber disso. Porventura, não falam os líderes de Cs com os altos cargos socialistas? A ameaça de destruição é mútua. Além disso, a investidura em Navarra será anterior a do presidente do Governo: o primeiro passo deverá entregá-lo em cada caso, o PSOE. E isto é uma garantia de calado. 39. Essa oferta ganharia potência, além disso, se a ela se anexar Pablo Casado. A oferta conjunta eliminaria assim como a expectativa de PP ou Cs são aproveitados dela para carregar contra o outro em caso de Sánchez a rejeitou. 40. Você poderá Cs doar ao luxo de que essa oferta se faça Pablo Casado e deixe isolado para Cs no tabuleiro político junto a Vox?

você Pode Cs ceder ao luxo de renunciar a tomar a iniciativa? Mas acima de tudo, A resposta seria óbvia pra qualquer partido que aspira a governar a nação e não apenas a exercer eterna muleta do PP ou do PSOE. Mas a essa conclusão precisa aparecer Rivera por si só.